domingo, 22 de agosto de 2010

Presidente da CBTU visita trecho que será implantado VLT



No dia 10 de agosto, o presidente da CBTU, Elionaldo Magalhães, fez uma viagem experimental no trem diesel para vistoriar o trecho que será usado com a implantação dos Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs).

O presidente aproveitou para conhecer os projetos das obras que serão realizadas para instalação dos VLTs nas vias e estações que compõem o trecho que ligará a estação de Cajueiro Seco à estação do Cabo de Santo Agostinho. Atualmente a linha férrea daquele trecho é utilizada pelo trem diesel e percorre o trecho da estação Curado até a estação Cabo, sem integração com a Linha Sul.

Para Elionaldo, com a implantação desses novos modelos de trens, as viagens serão mais rápidas, com um tempo menor de espera, ampliando-se o número de passageiros transportados e atendendo também a população que trabalha no complexo portuário e industrial de SUAPE, com mais qualidade e conforto, obra de grande importância para a economia nordestina.

Após a viagem de trem diesel, o presidente se dirigiu ao Centro de Manutenção de Cavaleiro - CMC, onde visitou as oficinas e conheceu os trabalhos desenvolvidos pelo próprio pessoal da CBTU-METROREC, entre eles a restauração das máquinas de chave. Hoje, os aparelhos de mudança de via (AMV) do pátio de Cavaleiro são controlados manualmente e, com a restauração, será possível controlar todas as máquinas de chave por meio de um sistema elétrico. Esse sistema já é usado nas linhas Centro e Sul e passará também a funcionar no pátio de manutenção.

Link http://www.cbtu.gov.br/noticias/dest...e/120810e.html

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Terminal Marítimo do Recife terá VLT


05/08/2010 - EXAME.com
Clique para ampliar
Projeto do Terminal Marítimo de Passageiros do Porto do Recife

O escritório de arquitetura Andrade & Raposo desenhou o projeto do futuro Terminal Marítimo de Passageiros do Porto do Recife. O local - pensado para Copa de 2014 - vai receber os turistas estrangeiros que chegam à capital pernambucana através de navios-cruzeiros.

O foco está no Armazém 7, que é tombado pela Prefeitura. A intenção dos arquitetos foi a de manter a fachada exterior, datada do início do século 20, e modernizar toda a parte interna, utilizando elementos leves, como o vidro - técnica conhecida como box in box.  O visitante se depara com um exterior bem antigo e, subitamente, encontra uma estrutura com alta tecnologia, descreve Moisés Andrade, um dos arquitetos do escritório Andrade & Raposo.

O projeto, orçado em R$ 16,8 milhões, ainda conta com uma linha férrea, onde um VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) deve ligar o terminal marítimo até a Arena Recife, estádio para a Copa de 2014. O edital para construção foi publicado no início deste mês e as obras devem começar ainda neste semestre.