sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Veículo sobre trilho deixa boa impressão

07/10/2011 - JC Online

Nesta quinta-feira (6), o VLT, novo modelo de sistema que começará a ser usado no início do próximo ano, foi apresentado oficialmente, prometendo mudar a vida dos passageiros da água para o vinho. Essa será a sensação dos passageiros do metrô do Recife quando começarem a utilizar o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) nos 18 quilômetros da linha diesel do sistema metroviário, que liga Jaboatão dos Guararapes ao Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. O VLT, novo modelo de transporte público que passará a ser usado no início do próximo ano, foi apresentado oficialmente pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU/Metrorec), comprovando que representará um salto de qualidade e conforto na dura rotina dos passageiros.

A imprensa foi convidada pela CBTU e pelo Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro) para andar em um dos dois VLTs que já estão sendo testados no Recife. Os equipamentos vão substituir as velhas e lentas locomotivas que hoje operam na linha diesel. Além de novos e de diversos avanços técnicos, os veículos têm ar-condicionado de fábrica, um design moderno e são rápidos - podem desenvolver até 100 km/h. Os sete VLTs que irão operar até o final de 2012 vão diminuir o tempo de viagem entre as Estações Cajueiro Seco, em Jaboatão, e Cabo, que passará de 47 minutos para 22 minutos.

Os VLTs têm capacidade para transportar 600 passageiros por composição (cada uma tem três carros). Com a mudança do tipo de modal (veículo), a linha diesel irá transportar 53 mil pessoas por dia, em 82 viagens. Hoje são apenas 20 viagens e 6.500 passageiros transportados. O intervalo entre os trens também terá uma redução sensível: passará de 47 minutos para 11 minutos. O investimento total é de R$ 110 milhões e inclui a aquisição dos veículos e a requalificação da linha até o Cabo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário